• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
terça-feira, 25 de julho de 2017 às 13:14 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments


Star Trek é um caso raro de uma série de televisão que constantemente se reinventa dentro da narrativa televisiva e que migrou para o cinema atingindo resultados espetaculares, com uma série de filmes memoráveis.


Se a série clássica era progressista e inovadora em seu tempo quando fora exibida na televisão (de 1966 a 1969), contando com enredos ousados e muito criativos, o fator orçamento e as limitações da época são sensíveis quando se assiste hoje em dia. A falta de efeitos visuais mais convincentes e a pouca verossimilhança que a geografia dos planetas explorados e o aspecto sempre humanoide das raças alienígenas, que não parecem ter sofrido mutações distintas dos seres humanos, são fatores que se sente na série original que durou por três temporadas. Porém, com o sucesso dos filmes que trouxeram de volta a tripulação original em produções de respeito em filmes muito bem realizados, muitos deles considerados clássicos do gênero de ficção científica, como o espetacular "Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan", de Nicholas Meyer, nasceram várias séries que se passam nesse universo criado por Gene Roddenberry.

Num breve histórico, "Star Trek The Original Series", foi exibida de 8 de setembro de 1966 a  3 de junho de 1969, que narra a história da nave USS Enterprise em uma missão de cinco anos para explorar o espaço. O elenco principal era composto por William Shatner como o Capitão James T. Kirk, Leonard Nimoy como Spock, DeForest Kelley como Dr. Leonard McCoy, James Doohan como Montgomery Scott, Nichelle Nichols como Uhura, George Takei como Hikaru Sulu e Walter Koenig como Pavel Chekov



"Star Trek: The Animated Series" foi uma animação exibida entre 1973 a 1974, contando com o elenco original da dublagem dos personagens.


"Star Trek: The Next Generation", tem seu enredo ambientado aproximadamente um século após a série original, com a nave USS Enterprise-D e sua tripulação: Capitão Jean-Luc Picard (Patrick Stewart), o Comandante William T. Riker (Jonathan Frakes), engenheiro chefe Geordi La Forge (LeVar Burton), oficial de segurança Tasha Yar (Denise Crosby), Worf (Michael Dorn),o primeiro Klingon a fazer parte da na Frota Estelar, a médica chefe Dra. Beverly Crusher (Gates McFadden), o androide Data (Brent Spiner) e o filho da Dra. CrusherWesley Crusher (Wil Wheaton) e a conselheira betazóide Deanna Troi (Marina Sirtis). Foi ao ar de  28 de setembro de 1987 a  23 de maio de 1994, com sete temporadas.



"Star Trek: Deep Space Nine" se passa logo após "The Next Generation", estreando em 3 de janeiro de 1993 e terminando em 2 de junho de 1999, finalizando com sete temporadas. Ao invés de se passar numa nave, como as séries anteriores, esta se passa principalmente em uma estação espacial cardassiana conhecida como Terok Nor, renomeada como Deep Space 9. A série retrata a vida dos tripulantes da estação e no elenco estão Benjamin Sisko, o lider, interpretado por Avery Brooks e Kira Nerys interpretada por Nana Visitor.



"Star Trek: Voyager" foi ao ar de 16 de janeiro de 1995 até 23 de maio de 2001, tendo sete temporadas, contando a história da Capitã Kathryn Janeway, interpretada por Kate Mulgrew, que se passa quase ao mesmo tempo que "Star Trek: Deep Space Nine" e teve sete temporadas, enriquecendo mais a mitologia da série. 



"Star Trek: Enterprise" foi ao ar de 26 de setembro de 2001 até 13 de maio de 2005 e seu enredo de passa antes da série original, abordando a tripulação da primeira nave de Dobra 5, a Enterprise comandada pelo Capitão Jonathan Archer interpretado por Scott Bakula e pela Subcomandante vulcana T'Pol interpretada por Jolene Blalock.



Com a reinvenção de Star Trek nos cinemas, iniciada por J. J. Abrams, a série ganhara um aspecto mais voltado para a ação. Muito do progressismo, otimismo e representatividade está nas séries de TV, que contam com uma Capitã em "Star Trek: Voyager", Kathryn Janeway, interpretada por Kate Mulgrew e um protagonista negro Benjamin Sisko, interpretado por Avery Brooks em "Star Trek: Deep Space Nine". Pois esse novo trailer de “Star Trek: Discovery”, mais nova série ambientada nesse universo criada por Bryan Fuller e Alex Kurtzman e que será exibida pela Netflix e pela CBS All Access mostra que terá muita ação e conta com ótimos efeitos visuais e maquiagem, mas também promete que haverá conflitos bem desenvolvidos e tensão para contar a história da ascensão do Império Klingon, ambientando-se dez anos antes da série original. O elenco conta com Sonequa Martin-Green como a protagonista Michael Burnham, que segundo fora divulgado é irmã de Spock, filha de Amanda Grayson, mãe humana do personagem clássico. Jason Isaacs como Capitão Lorca, Doug Jones como Tenente Saru, Shazad Latif como Lieutenant Tyler, Maulik Pancholy como Dr. Nambue, Michelle Yeoh como Captain Georgiou, além de Wilson Cruz  e Anthony Rupp  que formarão um casal gay na série.

Em destaque o trailer de “Star Trek: Discovery”, juntamente com outras referências. A série estreia no dia 25 de setembro. Vale citar que todas as outras séries comentadas aqui também estão na Netflix.

0 Amantes do cultcomentario até agora.

Postar um comentário