• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
quinta-feira, 9 de julho de 2015 às 17:13 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Sem título 

  
Glen Morgan e James Wong escrevem este primeiro caso da semana, dirigido por Harry Longstreet.
Mostrando que a série pode ter desdobramentos que fogem do enredo principal envolvendo OVNIS e conspiração governamental, este caso serve pra estabelecer o mundo em que Mulder e Scully estão inseridos, onde mutações e monstros genéticos são possíveis, servindo de paralelo à própria crueldade que o ser humano é capaz, inclusive sugerindo se a destrutividade, violência e crime são anomalias sociais ou fazem parte da própria natureza. Em Arquivo X tudo é possível e, sim, a luta dos seres humanos pela verdade e ordem é uma luta também contra a própria natureza predatória da espécie.

Vale notar a simbologia das cores usadas em dado momento do episódio, com o vermelho simbolizando ameaça, o verde simbolizando o universo bizarro ou fantástico em que os personagens estão inseridos, assim como a maneira como o assassino olha para suas vítimas, fazendo o paralelo da morte com a ausência de cores. Aparentemente hoje o diretor, que teve alguns problemas artísticos com os escritores, trabalha como fotógrafo. http://www.harrylongstreet.com/

 Sem título4Sem título1 
 Sem título2

0 Amantes do cultcomentario até agora.

Postar um comentário