• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017 às 08:05 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments




Em um dado momento de “La La Land” surge num diálogo uma ideia interessante em relação a Sebastian, personagem de Ryan Gosling, que tenta constantemente, e de maneira frustrada, salvar o Jazz e procurar constantemente transmitir aos outros a paixão que tem por esse estilo de música. Em contrapartida recebe como resposta o questionamento de como ele pretende salvar o Jazz, que foi criado por pessoas que transcenderam a música ao seu redor e a revolucionaram, se ele próprio é tão clássico e tradicional, sendo incapaz de repetir a revolução musical que tanto admira? Pois “La La Land” sofre um pouco desse mal, de procurar ser um musical que remete a outros títulos do gênero, mas que apresenta apenas um lampejo da genialidade que os clássicos tinham.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017 às 09:03 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments



Usando o mundo da moda como ponto de partida para construir um interessante discurso sobre o mundo das aparências movido ao consumismo e padrões de beleza, “Demônio de Neon” é um filme curioso, dirigido por Nicolas Winding Refn (de "Apenas Deus Perdoa", "Drive" e "Bronson", entre outros), que busca constantemente entregar ao espectador cada vez mais sensações e menos enredo.