• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
sexta-feira, 7 de maio de 2021 às 07:52 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Catherine, uma artista de Manhattan (Amanda Seyfried) se muda com sua família para o Vale do Hudson. Conforme ela começa sua nova vida num vilarejo histórico, ela passa a suspeitar que seu casamento e sua casa estão cercados por segredos obscuros.

A trama era promissora. Uma família quebrada, marido e esposa com problemas e relacionamento cheio de mazelas e abusos. Para apimentar a trama dando um ar fantástico, uma casa mal-assombrada. Porém James Norton (George Claire) não toma boas escolhas de interpretação, dando a impressão de não estar à vontade no papel, e isso nem ao menos é usado em favor do filme. Natalia Dyer (Willis) aparece e some, sem maiores explicações. A subtrama de Eddy Vayle, interpretado por Alex Neustaedter e o seu passado com a família na casa não é explorado para nenhum fim, bem como os problemas de saúde de Catherine, e aqui eu dou um voto a favor da Amanda Seyfried , que tenta segurar o filme nas costas e faz dele algo suportável por uma boa parte do tempo. 

As decisões tomadas pelos diretores investem numa ambientação muito bem executada, mas a maneira desleixada com que algumas cenas fluem, rápidas demais com cortes abruptos e outras lentas demais narrando situações que não movimentam a história pra frente, tornam o filme irremediavelmente longo, com inacreditáveis duas horas.


Como drama familiar é falho, como filme de fantasmas falta aquela costura que faz a transição entre o real e o sobrenatural parecer fluida, ligando as várias dramaturgias e gêneros numa mistura coesa. Lembrei muito de "Os Órfãos", a refilmagem de "Os Inocentes" comandada pela Flora Sigismondi e que, apesar de todos os defeitos de concepção e roteiro que tem, ainda se sai bem melhor que esse "Vozes e Vultos". O desfecho poético poderia até funcionar, se tivesse alguma poesia ao longo das duas horas que passaram.

Direção: Shari Springer Berman, Robert Pulcini

Roteiro: Shari Springer Berman, Robert Pulcini, baseado numa história de Elizabeth Brundage

Elenco: James Norton, Ana Sophia Heger, Amanda Seyfried, Charlotte Maier, Kristin Griffith, Ben Graney, Molly Jobe, Joey Auzenne, Kelcy Griffin, Cotter Smith, Dan Daily, Karen Allen

Trilha Sonora: Peter Raeburn

Fotografia: Larry Smith

Montagem: Louise Ford, Andrew Mondshein


0 Amantes do cultcomentario até agora.

Postar um comentário