• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
domingo, 15 de março de 2015 às 19:15 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Alguns dos filmes que assisto em formato de DVD e que não publico uma crítica completa sofrem uma série de anotações enquanto assisto. Na categoria Time Line de um filme irei transcrever as anotações que faço. Acho interessante citar que consistem na minha primeira impressão do filme anotadas, como citei, enquanto assisto. Como uma crítica completa é mais trabalhosa de se escrever e ultimamente não tenho tido todo o tempo que gostaria para isso, algumas vezes publicarei as minhas anotações, que sofrem uma revisão após o filme. Procurarei remover spoilers, mas alguns são inevitáveis. Anoto sempre ao lado o tempo decorrido a partir do início do longa. Assim, Terra Prometida de Gus Van Sant é o meu primeiro filme comentado neste formato, espero que gostem.


Steve Butler (Matt Damon) trabalha numa empresa especializada em extração de gás. Um dia, lhe é solicitado que viaje até uma cidade do interior para convencer os moradores da região que eles não devem se opor à chegada da empresa extratora. Porém, ao lidar diariamente com as pessoas, Steve acaba questionando suas próprias convicções.


TERRA-PROMETIDA

sábado, 7 de março de 2015 às 18:28 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments



Sinto em dado momento

Tal qual está na partitura

O suave sentimento

De uma morte prematura

Que me puxa pela cintura

Arranca-me a dentadura

Rasga-me a censura

Acaba-me com a ternura

E faz surgir, enfim,

Tal qual colorido Arlequim

A beleza de um jardim

E que some no cetim

Para dar lugar ao estranho

E escuro mundo interior

Que me define desde o terno momento

Em que abandonei ao Senhor

às 18:16 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments



Esperando estava e esperando está

Por um futuro promissor

Enquanto tenta esquecer o passado.

Em pleno presente nada se faz,

A não ser esperar...

Pelo futuro promissor

Enquanto tenta esquecer o passado.

O futuro ainda não chegou

E passado se torna cada minuto perdido do presente.

Onde está o futuro que iria vir?

Será que demora muito?

Vou correr atrás dele pra ver se eu acho.

Quando achá-lo eu volto pra dizer como que foi

...

...

...

Réquiem.