• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter

keaton

Com a questão da falta de representatividade oriunda da falta de atores negros indicados nas principais categorias, o Oscar 2016 rendeu alguns momentos engraçados nas mão de Chris Rock. O discurso da presidente da Academia de Artes e Ciências CinematográficasCheryl Boone Isaacs, expressou essa frustração e algumas medida tomadas pela Academia só reforçam a cobrança em cima dos estúdios em escalar atores negros (na verdade não-brancos).

181510

É difícil assistir a "Spotlight: Segredos Revelados" e não se lembrar do clássico "Todos os Homens do Presidente" de Alan J. Pakula ou mesmo de "O Informante" de Michael Mann, tanto pela abordagem adotada pelo diretor Thomas McCarthy quanto pela relevância do tema abordado, lembrando que existem histórias que merecem ser retratadas nas telas da maneira como McCarthy aborda, sem chamar a atenção para si, dividindo a importância das decisões e ações para cada personagem, formando uma equipe coesa interpretada por um elenco igualmente eficiente.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 às 11:46 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Deadpool00e

Existem filmes que dependem muito da nossa visão daquela obra como filme. Exercendo constantemente a metalinguagem e sendo autorreferenciais na maneira com tratam os clichês do gênero e informações prévias, são filmes que dão outra dimensão sobre a sensação de assisti-los do que se dependessem exclusivamente da suspensão da descrença. Essa é uma abordagem muito comum no cinema de Scorsese, Tarantino, Godard, Woody Allen, entre outros. Confesso que o último lugar que esperava encontrar isso era na sessão de "Deadpool".

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 às 09:24 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

090910

Existem filmes que, quase de maneira hipnótica e envolvente, conseguem, ao mesmo tempo que contam uma história, gerar reflexão sobre o ser humano, a natureza e as relações entre ambos.