• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
sexta-feira, 16 de outubro de 2015 às 19:39 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments



Criando um clima soturno que só é comparado às grandes histórias de horror, a imponência dos cenários e dos figurinos, em meio à fotografia belíssima, faz do longa uma espécie de conto, como os de Edgar Allan Poe, porém filmado. Inclusive Guillermo del Toro brinca com essa ideia na figura de Edith Cushing, que quer se tornar escritora e inclusive se compara à Mary Shelley.

quinta-feira, 1 de outubro de 2015 às 21:28 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments




O mais novo trabalho do diretor Ridley Scott é um filme atípico. Com um enredo que sugere uma narrativa dramática e sombria, o longa segue exatamente o caminho oposto. Dotado de um protagonista perseverante e bem humorado, vemos uma luta pela sobrevivência que em nada lembra os filmes que lidam com esse tema.