• RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
sábado, 27 de junho de 2015 às 20:40 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

ep4

Esse episódio, que não conta com a direção dos Wachowski, sofre um pouco de uma quebra no tom, caindo um pouco mais para sequências mais bem humoradas e leves, sem o peso dramático dos outros episódios.

quarta-feira, 17 de junho de 2015 às 21:50 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments



Aquilo que mais frustra amantes do cinema é o cenário em que se encontra as produções cinematográficas comerciais hoje em dia. Investindo pesado em continuações, reboots, sequências, adaptações de livros e quadrinhos, enfim, parece estar morrendo o hábito de conceber uma história que essencialmente fora pensada para ser um filme, um material original. Apesar de termos exemplos de bons filmes que seguem essa tendência, como é o caso de Mad Max, Star Trek,  temos também exemplos de bem sucedidos (em termos de arrecadação) filmes medíocres, como a franquia Transformers e, infelizmente, esse aparente sucesso de bilheteria, Jurassic World.

terça-feira, 16 de junho de 2015 às 14:13 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments




De maneira envolvente e cativante, o diretor Brad Bird nos apresenta um filme que sorri ao futuro, de maneira esperançosa e cheia de vida, enxergando a  oportunidade de se criar maravilhas. É com essa ideia em mente que o filme  envolve o espectador, que passa, a partir de conflitos fáceis de se identificar, a se sentir o participante de uma aventura clássica.

domingo, 14 de junho de 2015 às 20:05 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Sense8-Feature

Aqui os dramas e as ameaças ao grupo de personagens vão se tornando maior. Mas também as sua ligações de uns com os outros.

quarta-feira, 10 de junho de 2015 às 13:01 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

Sem título

Prefiro dizer que Sense8 lida sobre o tema do amor, da repressão e das relações, tudo ambientado num interessante pano de fundo sci-fi.

segunda-feira, 8 de junho de 2015 às 13:01 Postado por Gustavo Jacondino 0 Comments

sense8canren

Os sempre subestimados irmãos Wachowski dirigem este episódio de estreia da série por eles produzida, que tem o mérito de não abraçar explicações tão cedo e conta com uma edição muito envolvente. Porém muitos momentos são mastigados com diálogos expositivos, como acaba sendo típico das produções para a televisão.